Wednesday, February 29, 2012

7º troféu de Orientação do Pinhal Novo

     Numa das piores zonas do pais para a prática da modalidade nasceu à vários anos um núcleo de orientação que ainda hoje admira a maioria dos entendidos da orientação no país e tudo graças à força de vontade de um professor e de uma escola que foram e ainda o continuam a ser responsáveis por dar a conhecer à modalidade alguns dos melhores atletas nacionais e mesmo mundiais e que desde o campeonato do mundo de desporto escolar de 2004 esteve sempre representada por atletas no pódio. Quem conhece os mapas desta região sabe bem a sua fraca qualidade para praticar orientação e eu próprio o admito! mas no entanto isso nunca foi impedimento para que o professor Daniel Pó ensinasse a modalidade, e foi nesta prova que tive o meu 1º contato de sempre com um mapa.
     Já se encontram inscritos mais de 400 pessoas, um número supera a maioria das provas regionais e quase se chega a algumas provas do calendário nacional e tudo isto fruto de muito trabalho de divulgação da modalidade por esta região. É um orgulho para mim poder dizer que foi nestas bandas que me tornei e cresci como atleta e é com agrado que vejo o crescimento anual de participantes da modalidade nesta zona, e é por isso que vou estar presente nesta edição e noutras edições vindadouras como voluntário para tornar esta organização um sucesso e poder espalhar a modalidade ainda mais pelas pessoas!
     Trabalhos como estes deviam ser um exemplo para todos os orientistas, pois não é preciso ter-se os melhores mapas do mundo para se trabalhar basta força de vontade e muito sacrifício e isso foi o que nunca faltou a nenhum de nós e hoje colhemos frutos saborosos de tudo o que se fez por aqui. Por isso exorto a quem quiser, para vir até aqui e participar na prova! as inscrições são gratuitas e o programa é rico em atividades, deixo em anexo o cartaz ; )



Sunday, February 26, 2012

A caminho do sucesso :D

   Todos os anos na sequência do Portugal O'meeting realiza-se uma outra prova com uma etapa a contar para o ranking mundial e que com à excepção de 2010 e 2011, tem sido o meeting de orientação do centro com a autoria do COC (clube de orientação do centro). Depois de um POM de grande qualidade com terrenos fantásticos e muito técnicos era tempo de mudar de cenário para mapas totalmente diferentes, mas já bem conhecidos por mim, e nas duas provas que fiz senti bem o cansaço das 4 provas da semana anterior! No entanto foi umas das melhores prestações que já alguma vez tive.
    O terreno, embora o habitual, estava sujo e a areia solta e isto a juntar ao relevo acentuado tornou as coisas complicadas principalmente ao nível físico e a distância longa principalmente foi muito dura..no entanto consegui levar de vencida ambas as provas, na distância longa por 5 min e a distância média por 2'30, e consegui almejar ao 1º lugar na classificação geral desta prova. Apesar de saber que estou bem, surpreendeu-me a vitória deste modo mas também me deixou feliz por cometi muitos poucos erros técnicos e consegui médias por km abaixo de 6 em ambas as provas... depois deste ciclo de provas a minha auto-confiança é outra e é bom poder cumprir o previsto o que me dá boas certezas para aquilo que espero alcançar no futuro! 
    Quanto ao futuro não posso adivinhar, mas isto tornou mais fácil ultrapassar a barreira da dúvida que existe constantemente em mim, e agora é altura de voltar a um novo ciclo que me levará ao meu pico mais e é onde espero estar realmente bem!
    Palavra de alento aos meus colegas que atravessam algumas dificuldades, mas que mesmo assim estiveram em bom plano nas suas provas...no entanto agradeço-lhes porque embora muitos ignorem esse aspecto, um atleta nunca cresce sozinho e se tenho evoluído é porque a confiança no seio do nosso grupo cresce e a confiança no treinador também, até à próxima prova  e parabéns aos clubes que nos proporcionaram esta fantástica semana de orientação!



Orientistas,
LS

Wednesday, February 22, 2012

1º Objectivo? Checked!

     Já há muito tempo que havia traçado o objetivo de estar no pódio do Portugal O'meeting e a verdade é que com a semana que tive antes do Portugal O'meeting julguei que isso jamais fosse acontecer..nem sempre gosto de expôr assuntos pessoais neste espaço, mas cada vez mais reconheço a influência da mentalidade no desporto e não é por acaso que nem todos os atletas chegam ao patamar mais alto, é preciso ter força e perseverança para contornar as crises mais complicadas da vida e que muitas vezes até são exteriores ao deporto, mas são capazes de semear a dúvida e destruir a motivação criada ao longo do tempo! Cheguei mesmo a ponderar não ir à prova, mas porque não podia desperdiçar tudo o que havia construído acabei por ir mesmo estando doente e em baixo.
      E no 1º dia de prova ainda havia sinais da crise que me afetara e entrei muito mal na prova a perder muito tempo logo nos 1ºs pontos e mesmo durante a prova. Acabei por ser apanhado por outros atletas e acabei no 8º lugar a 10 minutos do primeiro tempo...mas se no fim da prova seguia desmotivado e triste,  acabei por ponderar se valia a pena a tristeza e se iria deitar tudo fora, a verdade é que funcionou e no dia seguinte parti com uma garra que há muito tempo não sentia e estar num mapa tão desafiante ajudou-me a relaxar e a esquecer o que há de mau na vida e ganhei o dia. Havia conseguido recuperar a minha garra e vontade de correr e se no 3º dia correu mal outra vez isso não significou nada porque nem sempre corre bem e em mapas tão complicados não há milagres. Fui então para o último dia com a missão de recuperar do 6º lugar para o pódio e queria mesmo acabar bem esta competição, tinha 8.5 km num terreno perigoso e duro e o facto é que não falhei e ganhei mesmo e cheguei ao 3º lugar da geral por apenas 10 pontos!  Acabei este Portugal O'meeting com a sensação de missão cumprida e mais importante que tudo, agora tenho a minha confirmação para o futuro e daqui a uns meses espero que a medalha de ouro brilhe ao meu peito : )
        Este Portugal O'meeting trouxe tudo o que se podia pedir e muito mais, por um lado os terrenos técnicos e duros (o que para mim me deu a sensação de estar a correr noutro pais), arenas fantásticas com tudo o que se podia pedir, os melhores speakers de Portugal a trabalharem em conjunto e a darem animação à arena e ainda a presença dos melhores atletas do mundo cá o que tornou esta prova quase um campeonato do mundo, algo que praticamente nenhum competição se pode orgulhar! Esta prova de ano para ano ganha mais visibilidade, e para muitos dos melhores atletas do mundo é já "obrigatório" estar no Portugal O'meeting, o que para o desenvolvimento da modalidade e da economia do país é uma mais valia...só espero que a tendência nos próximos anos seja apenas de crescimento! Enfim é uma festa espetacular onde espero participar por muitos e muitos anos...Orientação é um desporto fantástico e para mim é já uma vida pois nunca me sinto tão vivo e tão realizado como quando estou numa floresta com um mapa e com um objetivo na cabeça!




Orientistas,
LS





Saturday, February 11, 2012

Keep going on! :D

  Há 3 dias que estou em espanha, na zona de Alicante a participar no recém-criado troféu de orientação dos países mediterrânicos, uma competição restrita apenas a alguns países, embora seja realizada em paralelo com uma prova da taça espanhola a contar para o world ranking event. Em relação às provas, ontem foi dia de participar num sprint, uma prova extra-competição, e se estava expectante e contente porque sempre tinha tido boa impressão das provas de sprint espanholas desiludi-me um pouco porque o mapa de um modo geral não era interessante apesar de se ter feito os possíveis para se traçar um bom percurso. Se o mapa já foi mau, pior ainda foi a minha prova, onde começei extremamente mal e perdi muito tempo nas opções mais longas o que revela um bocado a minha inexperiência em sprints mais longos, será decerto algo a colmatar e a treinar mais, no entanto foi uma excelente experiência por ter competido com alguns dos melhores atletas do mundo que estão nesta prova e que dentro em breve serão os meus adversários!
   A questão é que ontem foi apenas o aquecimento, e hoje é que nos esperava a 1ª prova a "sério", sendo esta uma distância média a contar para o ranking mundial, e apesar de ter participado nos juniores o percurso era idêntico ao da elite e pude experiênciar pela 1ª vez um duelo com atletas que até há bem pouco tempo via como "astros inalcançáveis" e nem me posso queixar de todo, consegui levar de vencida os juniores e o meu tempo daria para um bom 12º lugar na elite, a cerca de 4 minutos do vencedor. Não vale a pena dizer que esta prova saiu inteiramente da minha capacidade, porque fui apanhado a metade do percurso por um atleta francês bem conhecido por muitos de nós, o Lucas Basset e apanhámos outro francês, cujo nome reconhecemos por ter sido 3º no mundial de 2010 na prova de sprint, o Frederic Tranchand, no entanto se algo me posso orgulhar é que consegui acompanhar estes atletas a restante metade e mesmo assim fui capaz de ler o mapa e corrigir alguns erros cometidos pelos mesmos...para mim é certamente um grande ânimo estas provas, e se há 2 anos era impensável perder apenas 30 segundos para um François Gonon, hoje foi uma realidade e se isso foi apenas sorte não me interessa porque me esforçei e dei tudo de mim e o que é certo é que não deu mau resultado.
 Amanhã é dia de distância longa, onde espero chegar novamente aos 3 primeiros e fazer uma prova segura e limpa, o Portugal O'meeting é já para a semana e lá é que será a derradeira prova, vão acompanhando os resultados!




Orientistas,
LS



Sunday, February 5, 2012

Com o POM a chegar todo o cuidado é pouco...

    Há algum tempo que não escrevia porque tenho atravessado um período complicado em que alguns problemas me acometeram e pareciam querer fazer com que eu deixasse de treinar...desde o estágio de seleção que ando com uma calcificação no calcanhar, o que tornou correr bem doloroso e só com algum esforço pude continuar a treinar. Mas descrevendo um pouco o que se passou nestas 2 semanas, a semana a seguir ao estágio foi de descarga (como tem sido até agora) porque estamos a entrar num período pré-competitivo onde já se quer fazer subir a forma, então o treino tem-se baseado principalmente em estímulos, e nesse sábado já iriamos ter uma experiência competitiva, um corta-mato. Apesar de ter sido uma semana fácil, o corta-mato acabou por correr da pior maneira...e mais uma vez me aconteceu o que me levou a desistir de outros corta-matos longos, os meus braços e pernas contraem de um tal modo que me é impossível de correr embora conseguisse aguentar perfeitamente um ritmo superior...e isso só me acontece quando atravesso a barreira dos 3 km. Confesso que tem sido frustrante lidar com isso, principalmente quando estou tão bem e não consigo mostrá-lo! Já tinha sido os testes físicos e foi agora isto...
     Em suma, tem sido uns tempos difíceis, também para a escola em que tive uma vaga de testes o que tornou dormir mais complicado, e estes problemas todos com os pés , têm-me frustrado imenso e já este fim-de-semana passei-o a combater uma gripe que me apareceu repentinamente na sexta-feira! Com o Portugal O'meeting a chegar todo o cuidado é pouco e não posso deitar 7 meses de treino fora por azares, treinei muito mesmo e a forma que me encontro é realmente animadora, e quero estar bem quando chegar esta competição porque será o meu grande teste da época antes do exame final... e queria realmente passar com distinção.
     Apesar de tudo isto também foi altura de algumas novidades, finalmente começo a ir à pista regularmente e a fazer algum trabalho de ritmos a sério, o qual já se vai notando em alguns treinos...mas o que me tenho apercebido até agora é que correr na pista é completamente diferente de correr no mato, e a minha técnica de corrida é deplorável embora já vá trabalhando no sentido de me tornar um pouco mais "leve" e não correr feito animal. Os treinos também não têm corrido mal e já tenho mais facilidade em atingir alguns níveis de ritmo...só se tem tornado um pouco desanimador não poder observar os resultados, mas creio que dentro em breve vai ser possível! Quanto ao POM, analisando um pouco a informação técnica e a competição presente, reconheço que não vai ser nada fácil atingir o pódio, mas também não foi nada fácil treinar para chegar onde estou! por isso estou confiante e sei que vou conseguir superar-me mais uma vez e chegar lá.
       Amanhã começa mais uma semana, e acho que já estou recuperado...mas mesmo assim vamos ver, não queria nada falhar o treino porque é dia de ir à pista!






Orientistas,
LS