Wednesday, May 23, 2012

O período competitivo chegou!

    É com imenso orgulho que escrevo estas palavras pois foi o último mês de treino a sério da época, e foi de certo o mais duro também! Após os nacionais foi altura de recuperar o que havia perdido nas 2 semanas anteriores com a tendinite, e as palavras do treinador apontavam para um mês difícil em que me ia colocar carga para me levar ao maior pico de forma do ano, e assim foi 6 dias por semana sem falhar um único treino, cumprindo tudo à risca mostrando que o trabalho da época não foi em vão. Houve alturas em que me senti cansado e desanimado, mas o que é certo é que esse cansaço fez parte da preparação e tudo fez parte de um caminho que ateimo em percorrer desde Agosto do ano passado e não descansarei enquanto não alcançar o seu fim.
    Agora o período competitivo chegou e a altura das provas também, é para descarregar e ganhar ritmo competitivo, as baterias estão apontadas para o EYOC e se sinto a pressão e o peso nos ombros é porque, melhor do que ninguém, me conheço e sei aquilo que conseguirei. Já havia admitido publicamente as minhas ambições e volto a fazê-lo, estou disposto a fazer o meu melhor e sei que isso vale alguma coisa, treinei, sofri e tive uma época em que procurei fazer as coisas da melhor maneira. Cresci, aprendi muito sobre orientação e creio que dei um passo em frente e por isso a minha mente está tranquila frente à responsabilidade que me chega com o fim deste mês, sei que desta vez não poderei falhar.
    Sempre sonhei com este momento a chegar, é a recta final de um objectivo e a sensação de que fiz tudo o que podia está cá, agora só resta esperar pelo momento! :D Entretanto irei fazer provas ao longo deste mês, vou tentar bater alguns recordes no atletismo, principalmente nos 1500 e 3000 onde espero fazer 4'05/8'50 tendo em conta a preparação que efectuei. Irá ser altura também de fazer provas de orientação para ganhar confiança com o mapa na mão e as coisas poderem fluir bem em França...
    Motivação e trabalho são os ingredientes que vou usar para obter os meus resultados, quem quiser acompanhar faça-o no site: www.eyoc2012.fr e veja a prova em tempo real através do gps, eu prometo um bom espetáculo : )




Orientistas,
LS

Sunday, May 6, 2012

Convocatórias Eyoc e Jwoc

    Saíram ontem as convocatórias para os campeonatos da Europa e do mundo, e como já havia dito o meu nome constava em ambas, mas esta participação vê-se acompanhada do facto de os atletas terem de contribuir com 225 euros (Eyoc) e 150 euros (Jwoc) e se ter de pagar um dos valores, pagar os dois é praticamente impossível. É desanimador vermos que em outras modalidades os atletas têm todas e mais algumas condições para treinar e poder representar a seleção e nós, orientistas, treinamos para tudo isto e ainda temos de "patrocíonar" a nossa ida às provas internacionais, qualquer dia chegaremos ao ponto de abrir lugares na seleção a quem puder pagar a sua ida!
     Mas se critico o facto de termos quase que pagar as nossas inscrições, também paro para refletir se a culpa é mesmo da federação. Após o 25 de Abril criou-se uma mentalidade na cabeça da maioria dos portugueses que o estado tinha de fornecer tudo, ninguém podia morrer à fome ou estar sem casa! Aliás o desejável era estar sempre em casa sem fazer nada a receber subsidio do estado sem ter a minima preocupação em encontrar um trabalho e construir a sua própria vida. Ora esta crise é muito fruto dessa inatividade social e da ignorância ser um parasita que infecta cada vez mais gente, mas se os nossos avós eram ignorantes por não poder saber hoje em dia as pessoas são ignorantes por não querer saber e não querer fazer, e isto é o que destrói tudo! Quando a balança dos credores e devedores se desequilibra, é sinal para nos preocuparmos...
     É injusto dizer que a direção não faz nada para nós podermos ir aos campeonatos internacionais, aliás tenho a certeza que se pudessem iam todas as equipas completas e sem ninguém ter de pagar nada, mas se continuarmos a depender do estado para nos assegurar o nosso sustento estamos condenados à "guilhotina" e podemos ter um fim triste. Já temos atletas consagrados e que se dedicam a isto quase a 100%, por isso é preciso procurar apoios e motivar ainda mais atletas para esse caminho! Não é errado tornar a orientação uma modalidade comercial, começar a vender aquilo que temos de bom e chamar participantes às provas, se o Portugal O'meeting é uma prova tão importante porquê atribuir a sua organização a um clube? Devia-se tornar uma prova da federação e cujo o lucro reverteria para a mesma e para as seleções nacionais. Tenho a certeza que só o lucro de umas prova dessa envergadura permitiria preparar as seleções nacionais durante um ano inteiro...
    Não é correto acusar a federação, nós os atletas temos de nos mexer dentro dos clubes no sentido de dar vida à modalidade, a crise é complicada para todos mas mesmo nos piores momentos sempre houve lugar para o desporto. Espero não ter de presenciar o dia em que tudo isto acaba e a única coisa que poderei fazer é olhar. : (


Orientistas,
LS

Friday, May 4, 2012

Campeonatos Nacionais - de volta à competição

      Depois de ter passado uma semana sem treinar pensava que já estaria totalmente recuperado, mas acabei por perceber que uma lesão não se resolve assim e não foi surpreendente que tivesse de passar mais outra semana em contenção, onde só consegui praticamente fazer um treino na pista e no resto da semana andar de bicicleta. Chegavam assim os campeonatos nacionais, de distância longa e estafetas, e eu trazia uma forma miserável por isso não reservei grandes esperanças para fazer algo de bom...
       Começando pela prova longa, comecei com alguma contenção e a medo, sobretudo por causa da lesão que não queria agravar, mas acabei por aquecer e acelerei o ritmo. Cometi dois grandes erros sendo que o resto da prova foi limpa, o que deu para um bom 2º lugar, só que isso foi a custo de muito esforço e no fim da prova já desanimava com medo de ter agravado alguma coisa. No dia seguinte foi a estafeta e o gémeo continuava a latejar, um aviso para que não devia sequer mexer-me, mas mesmo assim ignorei e recebi o testemunho numa folgada liderança, graças ao Pedro Nogueira, e tudo o que tive de fazer foi gerir a vantagem. Entreguei destacado ao Tiago Romão que fez o que lhe competia e chegou para recuperar um titulo que nos fugiu à cerca de três anos, o de campeões nacionais de estafetas.
      Foi um bom fim-de-semana, em suma, sempre tive um pouco receio de navegar nestes mapas e nunca fiz grandes provas mas parece que finalmente contrariei a regra e realizei uma distância longa boa (apesar dos erros) e uma distância média (Estafetas) com uma média inferior 6' km, destaque ainda para o facto de ter feito a maior subida de sempre! 135 m verticais, é obra ( xD). Quanto aos resultados, em ambos os dias foi o esperado, havia alguma dúvida para a distância longa porque estaria a competir com o João Mega e ambos teríamos a hipótese de obter o titulo, ele foi o mais regular e aproveitou os meus erros e "tiro-lhe o chapéu" por isso. Apesar de ter ganho alguns parciais, paguei pelos erros que cometi o que se torna uma lição para quem não acredita que uma prova de orientação é uma prova de regularidade e não de altos e baixos.
      Também recebi a agradável confirmação da minha participação nos campeonatos da Europa de Jovens e do mundo de Juniores, o que já era relativamente esperado mas não deixa de ser bom, no entanto não sei...e deixo assim estas reticências para terminar noutra altura. Por agora voltei ao treino, e hoje é o 1º dia de descanso desde a Longa, espero que não haja mais contratempos porque tudo o que quero é chegar em boa forma ao EYOC!



Orientistas,
LS
                                                 
                                                   Aqui fica a foto do pódio das estafetas: